Container

Por uma sociedade mais opinativa

Climatempo

Redes Sociais

Plataforma Portais Eletrônicos

Identifique-se

Painel de Controle

Cultura

Livro que registra criação da CEEE terá lançamento nesta terça-feira

Publicado 31/03/2015

A história da criação da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), empresa de energia elétrica do RS, fundada em 1943, está registrada no livro 'Por trás de uma usina, mito da construção da maior empresa do RS', que será lançado nesta terça-feira (31), no Centro Cultural CEEE Erico Verissimo (CCCEV), na Rua dos Andradas, 1223, Centro Histórico de Porto Alegre. O autor é o jornalista e relações públicas Adão Eunes Albuquerque (aposentado da CEEE) e a obra pode ser adquirida durante o evento, entre às 18h e 20h, ao valor de R$ 35,00.

A publicação retrata a biografia político-administrativa da Companhia, com foco no período de 1942 a 1957 e na trajetória do seu principal idealizador, o engenheiro Noé de Mello Freitas, fundador e primeiro presidente da Empresa. Com 478 páginas, o livro resgata uma pesquisa a partir de entrevistas com pioneiros e documentos históricos e inéditos, alguns autorizados para a publicação pela família do engenheiro Noé. Materiais e imagens estão disponíveis no Museu da Eletricidade do RS e pelo banco de imagens da Companhia, que também foram utilizados pelo autor.

Nos depoimentos, a história política do RS e a evolução da eletrificação do Estado, com fatos sobre os bastidores da Usina do Gasômetro, no tempo dos dirigentes americanos, além da greve que paralisou todos os veículos da Caldas Júnior, o papel dos sindicatos e a trajetória de Noé de Mello Freitas na encampação, além da quase paralisação da Usina com o suicídio de Getúlio Vargas e a enchente que atingiu Porto Alegre em 1941, entre outros.

O trabalho de pesquisa de Adão Albuquerque apresenta fatos históricos, em detalhes, a partir de pessoas que viveram o período registrado pela publicação, muitos aposentados da CEEE e que contaram as experiências e os sentimentos vividos na Empresa e no Estado após a 2ª Grande Guerra Mundial. A perseguição de órgãos de segurança a eletricitários, comandados pelo então tenente-coronel Emílio Garrastazu Médici, em São Leopoldo, também está documentada no livro.

 

O autor:

Adão Eunes Albuquerque nasceu em 1944, na cidade de Camaquã, região Centro Sul do RS. Formado em Comunicação Social, com especialização nos cursos de Jornalismo e Relações Públicas. Com formação pedagógica e especialização em Filosofia, pela PUCRS, exerceu suas atividades na CEEE por 30 anos. Foi professor do Estado por 35. Em 1983, lançou pela Sulina o livro Planejamento das Relações Públicas, fruto de suas experiências na Companhia Estadual de Energia Elétrica. É, também, técnico em transações imobiliárias pelo Senac.

Leia mais sobre: Cultura, Região

Fonte: CEEE

Compartilhe

Delicious Digg Google Bookmarks Mixx MySpace Reddit Sphinn StumbleUpon Technorati RSS

Enquete

Você concorda com o fim do auxílio-reclusão e a criação de um benefício para as vitimas dos crimes

Resultado

Topo-978x300

Esquerda-230x400

Direita-1-184x274

Direita-2-184x360

Rodape-526x180