Container

Por uma sociedade mais opinativa

Climatempo

Redes Sociais

Plataforma Portais Eletrônicos

Identifique-se

Painel de Controle

Geral

Comunidade da Vila Mangueira realiza assembleia em parceria com o Porto do Rio Grande

Programa de Educação Ambiental da SUPRG efetiva parcerias e media uma nova etapa na vida comunitária dos moradores do entorno portuário

Publicado 27/03/2015

Participar, colaborar e, acima de tudo, promover e mediar medidas socioambientais nas comunidades do entorno portuário, essa é a tarefa dos educadores ambientais do Porto do Rio Grande, que atuam no âmbito da Divisão do Meio Ambiente Saúde e Segurança (DMASS). E na noite da última quarta feira, 25, o Programa de Educação Ambiental do Porto (ProEA) participou e colaborou na mediação da reunião de moradores da Vila Mangueira.

Estiveram presentes os seguintes seguimentos sociais: Superintendência do Porto do Rio Grande, Polícia Comunitária da Vila Mangueira, Prefeitura Municipal do Rio Grande e Transpetro Rio Grande. Os moradores puderam acompanhar e dialogar diversas pautas que estavam programadas como: apresentação da nova composição da Associação de moradores; segurança da Vila Mangueira e; projeto de Educação ambiental da Transpetro Rio Grande para o bairro.

O novo presidente, Cristiano Moraes, iniciou agradecendo a confiança que foi depositada nele e afirmou que seu interesse é em prol das melhorias do bairro, que afetam diretamente a qualidade de vida dos moradores. Presente na reunião, o Secretario Adjunto da Secretaria de Comunicação da prefeitura, Luciano Gonçalves, se colocou a disposição do novo presidente, assim como José Vicente de Freitas, coordenador do ProEA, também manifestou sua colaboração para que essa nova etapa do bairro se consolide com a posse da Associação eleita democraticamente.

A Polícia Comunitária, que tem efetivado parceria inédita com a SUPRG e com os educadores ambientais da instituição, para que se efetive uma forma diferenciada de relação com o bairro, baseada primeiro no diálogo, na participação efetiva da vida comunitária, fez referência ao novo relatório e mapeamento de ocorrências na Mangueira, possibilitando assim uma visão geral e problematizando pontos para adequar e melhorar a atuação da Polícia Comunitária. Já a representante da Transpetro Rio Grande, Verônica Marandini, expos à comunidade a proposta de educação ambiental para o bairro. Essa será feita através da parceria com a Escola Municipal Ramiz Galvão, com crianças do 4º ano do Ensino Fundamental, pretendendo estabelecer uma relação continuada de cooperação com o bairro que é vizinho ao empreendimento da Transpetro.

Desde o início do ano, o Programa de Educação Ambiental do Porto do Rio Grande soma esforços com diversos parceiros para a constituição da nova composição da Associação de Moradores do bairro. Nesse sentido, o ProEA apresentou formações com os moradores sobre auto-gestão, protagonismos social, alternativas sustentáveis para os moradores, culminando com a organização do processo eleitoral que foi instituído e hoje, nessa reunião, chega ao fim com a apresentação da nova composição da Associação da Mangueira. 

Leia mais sobre: Geral, Rio Grande

Fonte: SUPRG

Compartilhe

Delicious Digg Google Bookmarks Mixx MySpace Reddit Sphinn StumbleUpon Technorati RSS

Enquete

Você concorda com o fim do auxílio-reclusão e a criação de um benefício para as vitimas dos crimes

Resultado

Topo-978x300

Esquerda-230x400

Direita-1-184x274

Direita-2-184x360

Rodape-526x180