Container

Por uma sociedade mais opinativa

Climatempo

Redes Sociais

Plataforma Portais Eletrônicos

Identifique-se

Painel de Controle

Região

Brigada militar homenageia magistrado em pelotas

Publicado 22/02/2019

A Brigada Militar do Rio Grande do Sul, por meio do 4.º Batalhão de Polícia Militar de Pelotas, outorgou homenagem ao Magistrado Marcelo  Malizia Cabral, Coordenador do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) e designado para atuar na Vara Regional de Execução Criminal da Comarca de Pelotas, em Sessão Solene comemorativa realizada na tarde da última quinta-feira, dia 22 de fevereiro, na sede do 4.º Batalhão de Polícia Militar, em Pelotas, RS.

Malizia recebeu brasão comemorativo aos 95 anos do 4.º Batalhão de Polícia Militar de Pelotas e foi representado na solenidade pelo agente do Núcleo de Inteligência do Judiciário, Lauro Barenho, pois está atuando na Comarca de Torres, no Projeto Justiça no Veraneio.

A homenagem foi proposta em razão da relevância social dos trabalhos realizados pelo Magistrado na Comarca de Pelotas, primando pela integração e pela colaboração mútua entre o Poder Judiciário e a Brigada Militar na busca do aprimoramento dos serviços prestados à comunidade.

Também foi lembrada a atuação colaborativa e integrada do Poder Judiciário do Gabinete de Gestão Integrada da Segurança Pública de Pelotas (GGI-M), órgão que conta com a participação ativa no Magistrado no aprimoramento da segurança pública e na redução dos índices de violência em Pelotas.

O Juiz homenageado agradeceu a deferência, destacando que o reconhecimento demonstra a importância de que as Instituições públicas trabalhem em regime de cooperação, valorizando o diálogo e a parceria na busca conjunta de prestação de um serviço de melhor qualidade à sociedade, especialmente nas questões referentes à segurança pública.

"A cooperação interinstitucional tem sido e continuará sendo fundamental para que as forças de segurança pública, os poderes públicos e a comunidade prossigam a atuar de modo colaborativo na superação da violência e na construção da paz em nossa cidade", registrou o Magistrado.

Leia mais sobre: Região

Fonte: Assessoria do Segundo Juizado da Primeira Vara Cível do Foro da Comarca de Pelotas.

Compartilhe

Delicious Digg Google Bookmarks Mixx MySpace Reddit Sphinn StumbleUpon Technorati RSS

Enquete

Você concorda com o fim do auxílio-reclusão e a criação de um benefício para as vitimas dos crimes

Resultado

Topo-978x300

Esquerda-230x400

Direita-1-184x274

Direita-2-184x360

Rodape-526x180