Container

Por uma sociedade mais opinativa

Climatempo

Redes Sociais

Plataforma Portais Eletrônicos

Identifique-se

Painel de Controle

Geral

Audiência para debater a minuta do edital de licitação do transporte coletivo acontece nesta quarta-feira

Publicado 25/03/2015

Uma das prioridades do Executivo Municipal do Rio Grande é a melhoria na qualidade do transporte público coletivo para a comunidade em geral. Por conta disso o prefeito Alexandre Lindenmeyer convida toda comunidade a participar da Audiência Pública em que será debatida a Minuta do Edital de Licitação do Transporte Coletivo, a mesma acontecerá no dia (25), às 19h no Salão Nobre da Prefeitura.

O prefeito relembra que após a nulidade do consórcio do transporte coletivo o Executivo Municipal passou a trabalhar nesta pauta com a participação da comunidade, como diferencial. Além de estimular a interação e integração com os usuários do transporte público coletivo, pois todos podem sugerir dicas, sugestões e críticas, através de um canal direto anexado no banner do site da prefeitura.

O prefeito informa que a nova licitação tem validade para os próximos 10 anos e sendo dividida em duas partes, bacia Sul e Oeste. Aumentando assim o número da frota e distribuindo uma empresa para cada bacia. Além disso, 20% da frota contará com ar condicionado no interior os ônibus, assim como possuirão banheiros e bagageiros. O prefeito salientou que a frota do Parque Marinha não entra nesta licitação, pois tem validade até 2017.

Segundo Lindenmeyer, outras empresas poderão concorrer ao processo, pois o intuito é atender ao anseio da comunidade rio-grandina, ora acabar com o monopólio na cidade.  Ele afirma "a empresa que atualmente concede o transporte poderá participar do processo licitatório também, preenchido os requisitos".

De acordo com o prefeito para mudar é preciso planejamento, trabalho sério e participação social e isto está sendo feito, estamos transformando ideias em ações integradas, inteligentes e eficientes.

O secretário de Mobilidade Urbana e Acessibilidade, Edson Lopes, elenca dados de ações realizadas pelo Executivo Municipal como: Estudos técnicos com o objetivo de identificar os problemas na prestação do serviço de transporte coletivo; Pesquisa de opinião com usuários a fim de avaliar o serviço prestado; Elaboração de propostas para reestruturar e ampliar o controle público, assim, buscando o fim do monopólio e Audiência Pública realizada em agosto de 2014, com a apresentação dessas propostas para análise da Comunidade.

A partir destes debates e com a necessidade de compreender a realidade, foi possível elaborar a minuta do edital para a licitação do transporte coletivo, que está sendo divulgada conforme material extraído do Ponto a Ponto, elaborado pela Secretaria de Mobilidade Urbana e Acessibilidade.

 

Principais mudanças propostas:

1. Organização do serviço público de transporte coletivo em duas bacias operacionais, com o intuito de eliminar a possibilidade do monopólio de uma única empresa;

2. Escolha das empresas com base na menor tarifa ofertada na licitação, bem como na maior oferta pela outorga (autorização para a empresa operar no Município);

3. Controle público da receita tarifária através de uma Conta Pública a ser gerenciada pela Prefeitura visando a garantir o controle sobre as receitas e o equilíbrio econômico do contrato de concessão;

4. Estabelecimento de novos critérios de reajuste tarifário pelo mesmo índice base de reajuste do salário mínimo (IPCA);

5. Aumento da capacidade de planejamento, operação e fiscalização dos serviços por parte do Município através do fortalecimento das políticas públicas de gestão.

Leia mais sobre: Geral, Rio Grande

Fonte: PMRG

Compartilhe

Delicious Digg Google Bookmarks Mixx MySpace Reddit Sphinn StumbleUpon Technorati RSS

Enquete

Você concorda com o fim do auxílio-reclusão e a criação de um benefício para as vitimas dos crimes

Resultado

Topo-978x300

Esquerda-230x400

Direita-1-184x274

Direita-2-184x360

Rodape-526x180